728x90 AdSpace

Image and video hosting by TinyPic
Agora News
sábado, 4 de fevereiro de 2017

Faça Corretamente a Desenergização em Suas Manutenções Elétrica



Isso ai pessoal do Clube do Instalador, muitos amigos eletricistas confundem desenergização com desligamento, infelizmente (principalmente na industria) são muitos acidentes elétricos causados pela não observância deste procedimento, direta ou indiretamente envolvendo circuitos elétricos ou máquinas e equipamentos industriais.

Este procedimento é tão importante que é previsto na Norma Regulamentadora 10, a famosa NR10, e no meu entendimento -e o mais importante procedimento dentre eles, isto porque envolve diretamente a segurança individual e também a coletiva, imaginem só você fazendo manutenção dentro de uma máquina industrial (uma prensa por exemplo) e o disjuntor que você desligou foi acionado novamente por acidente ou outro funcionário despercebido ? Terrível Não É ?

Pois então perceba que a NR10 (norma regulamentadora) somente considera desenergizadas as instalações elétricas liberadas para trabalho e manutenção após sendo executas os procedimentos conforme a sequência determinada, confira elas !

1 - Seccionamento

Ação destinada a interromper a alimentação de toda ou de uma parte determinada de uma instalação elétrica, separando-a de qualquer fonte de energia elétrica, com afastamento adequado entre um circuito ou dispositivo e outro, obtida mediante o acionamento de dispositivo apropriado (chave seccionadora, interruptor, disjuntor).

2 - Impedimento de reenergização;

É o estabelecimento de condições que impedem, de modo reconhecidamente garantido, a reenergização do circuito ou equipamento desenergizado, assegurando ao trabalhador o controle do seccionamento. Na prática trata-se da aplicação de travamentos mecânicos, por meio de fechaduras, cadeados e dispositivos auxiliares de travamento ou com sistemas informatizados equivalentes.

3 - Constatação da ausência de tensão;

É a verificação da efetiva ausência de tensão nos condutores do circuito elétrico. Deve ser feita com detectores testados antes e após a verificação da ausência de tensão, sendo realizada por contato ou por aproximação e de acordo com procedimentos específicos.

4 - Instalação de aterramento temporário com equipotencialização dos condutores dos circuitos;

Constatada a inexistência de tensão, um condutor do conjunto de aterramento temporário deverá ser ligado a uma haste conectada à terra. Na sequência, deverão ser conectadas as garras de aterramento aos condutores fase, previamente desligados.

5 - Proteção dos elementos energizados existentes na zona controlada

Define-se zona controlada como, área em torno da parte condutora energizada, segregada, acessível, de dimensões estabelecidas de acordo com nível de tensão, cuja aproximação só é permitida a profissionais autorizados, como disposto no anexo II da Norma Regulamentadora Nº10. Podendo ser feito com anteparos, dupla isolação invólucros

6 - Instalação da sinalização de impedimento de reenergização.


Deverá ser adotada sinalização adequada de segurança, destinada à advertência e à identificação da razão de desenergização e informações do responsável. Os cartões, avisos, placas ou etiquetas de sinalização do travamento ou bloqueio devem ser claros e adequadamente fixados. No caso de método alternativo, procedimentos específicos deverão assegurar a comunicação da condição impeditiva de energização a todos os possíveis usuários do sistema.


Procedimentos para desenergização segundo NR10 Norma Regulamentadora

Outro fator importante é quanto a reenergização, da mesma forma á procedimentos e é considerada um instalação elétrica liberada para reenergizar quanto cumprido este procedimentos à seguir:

1 - Retirada das ferramentas, utensílios e equipamentos;

2 - Retirada da zona controlada de todos os trabalhadores não envolvidos no processo de reenergização;

3 - Remoção do aterramento temporário, da equipotencialização e das proteções adicionais;

4 - Remoção da sinalização de impedimento de reenergização;

5 - Destravamento, se houver, e religação dos dispositivos de seccionamento.

Note que esta é a única maneira de garantir 100% de segurança para o eletricistas e demais pessoas envolvidas direta ou indiretamente com a operação, siga estes procedimentos e evite acidentes !

>>MUITO IMPORTANTE: Você Conhece Todas a Normas Regulamentadoras



  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Faça Corretamente a Desenergização em Suas Manutenções Elétrica Rating: 5 Reviewed By: Mauricio Pagliaccio