728x90 AdSpace

Image and video hosting by TinyPic
Agora News
terça-feira, 28 de junho de 2016

Conhecendo melhor a área de Automação Residencial



Prazer em tê-los aqui amigos do Clube do Instalador, mais do que apresentar o setor de automação residencial gostaria também de fazer uma resenha do ponto de vista do acesso do técnico à esse setor tão exigente, ao contrário do que muitos imaginam.

Saiba que o setor de automação residencial está numa ascendência vertical absoluta e a procura por profissionais e empresas especializadas é frenética, essa demanda se explica pela procura desses serviços por construtoras e arquitetos pois a necessidade de agregar valor ao empreendimento com casas cada vez mais inteligentes é muito grande e lucrativa.
Quer alguns exemplos? As luzes da sua casa se acendendo automaticamente sempre no mesmo horário; a banheira é preparada remotamente enquanto você está no trânsito (com a temperatura exata definida pelo aplicativo no celular) até a fechadura que não usa chaves, mas a sua digital para abrir a porta. Isso sem falar no controle automático de iluminação e de persianas, aplicações já antigas.
Isto sem contar com sistemas de segurança, irrigações de jardim, som ambiente entre outros. Corretores de imóveis indicam que pode ser fator decisivo no fechamento de contrato de venda de um imóvel que possua pelo menos três itens de automação presentes na casa.




Não é absurdo encontrar técnicos neste área atingindo salários e rendimentos que ultrapassam os 8 mil reais (maior que muitas profissões com nível superior), e altamente requisitados. Para as empresas uma mina de ouro, segundo Associação Brasileira de Automação o setor teve um crescimento superior a 300% em 2014 e continua em ascensão em 2015/16 movimentando uma bagatela de R$ 4 bilhões de reais, promissor e real.

Essa é a parte boa, a parte triste desse negócio é que uma pessoa para se especializar no setor de automação residencial a nível técnico precisa desembolsar uma bela grana e dispor de muito tempo de estudo para realmente se especializar.

Eh, já ouvi muitos técnicos dizer que basta uma placa de Arduíno, alguns relés de interface e a automação está feita ! Não é bem assim, pode servir apenas para acender uma lampada ou abrir um portão como diversos vídeos no youtube, no entanto o que o setor procura vai muito alem de um Arduíno e exige as seguintes competências de um técnico.


O profissional de automação residencial tem:


  • Conhecimento em sistemas de aquecimento
  • Conhecimento em sistemas de ar condicionado e climatização
  • Conhecimentos em eletrônica aplicada
  • Conhecimento diversos tipos de motores
  • Sistemas de redes com fio e Wirelles
  • Imprescindível informática nivel programação e softwares
  • Conhecimentos em Comandos elétricos
  • Estar sempre atualizado em normas técnicas ABNT e Inmetro
  • Saber ler e interpretar projetos e diagramas elétricos
  • Competências especificas em mecatrônica
  • De quebra saber Inglês entre outros requisitos


É disso que estou à falar, do profissional especializado no setor de automação residencial com muitos requisitos e etapas de conhecimento a ser superadas, é difícil porem não tenho intuito de desmotivar, ao contrário e satisfação profissional e financeira podem e devem ser atingidas neste setor e isto deve ser encarado como desfio, vai em frente e sucesso !

Para dar enfase e ilustrar o que digo dê uma olhada neste vídeo sore automação residencial que estou deixando para você !





  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Conhecendo melhor a área de Automação Residencial Rating: 5 Reviewed By: Mauricio Pagliaccio